A autarquia da localidade espanhola de Rasquera (Tarragona, leste) está a estudar alugar terrenos públicos a uma entidade catalã para a plantação de “cannabis”.

A iniciativa foi apresentada à autarquia pela Associação Barcelona Cannábica de Autoconsumo (ABCDA), uma entidade com fins lúdicos e terapêuticos e 5000 sócios, que quer alugar terrenos nesta região agrícola.

A ABCDA compromete-se a pagar 36 mil euros pela assinatura de um convénio com a autarquia e entregar anualmente 550 mil euros pelo aluguer do terreno e para gastos legais, jurídicos e de segurança necessários para o projeto.

O assunto foi debatido hoje numa reunião na autarquia tendo o alcaide de Rasquera, Bernat Pellisa, confirmado que a proposta está a ser estudada e que representa uma oportunidade de criação de empregos e receitas para a região.

“Estamos a estudar a proposta que não representa uma apologia do consumo nem carta branca ao mesmo”, afirmou, explicando que esta é uma grande oportunidade para diminuir a dívida municipal que ascende a 1,3 milhões de euros.

A decisão poderá ser tomada num plenário municipal ainda esta semana, durante o qual serão criadas duas empresas públicas locais que seriam responsáveis pela gestão do processo.

[via JN]